terça-feira, 22 de agosto de 2017

Notícia: Justiceiro se tornará literalmente uma Máquina de Combate

* Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!

Ele já foi um Monstro e já foi um Anjo. Agora, na fase Marvel Legacy, Frank Castle vai carregar um manto diferente. Ele "herdará" a armadura de James Rhodes (falecido em Guerra Civil II) e se tornará a versão mais mortífera do Máquina de Combate. E o roteirista da série Matthew Rosenberg e o desenhista Guiu Vilanova conversaran com o Newsarama sobre isso. Veja um trecho da entrevista: 
"O Justiceiro é pra mim um dos personagens favoritos de todos os tempos. Eu tinha um poster do Justiceiro do Mike Zeck na parede do meu quarto quando criança. E minha mãe odiava. Eu tenho lido histórias do Justiceiro desde que aprendi a ler e eu acho que Frank Castle é um dos maiores personagens do universo Marvel. É excitante e perturbador, heroico e horripilante. É realmente uma honra escrever esse personagem que tem sido uma fonte de fascinação para mim e para gerações de fãs de quadrinhos" disse Rosenberg na matéria e logo pulou pra grande mudança do personagem. Ele de posse da Máquina de Combate. "É tipo uma criança numa loja de doces a noite. Ou talvez um monstro gigante que come doces numa loja de doces. De certa maneira, esse é o Frank num forma idealizada. É uma dessas ideias insanas que todo mundo remete a primeira vista e depois deixa naufragar com o tempo e todos se perguntam "Como isso não aconteceu antes?". É bastante lógico o Frank querer essa armadura. 

"A ideia veio do meu editor Jake Thomas, que levou ela até mim. Não levou nem um segundo pra eu aceitar. Eu amo o Máquina de Combate e o Rhodey. Eu amo ele como personagem e o que ele significa. De muitas maneiras, ele tem uma visão otimsta do que nosso governo e nossos militares significam. Como o Capitão, ele é o melhor de nós indo acima e além para nós manter a salvo e livres. E obviamente, ele é muito mais que isso também" disse o roteirista e complementou. "Mas nada disso é o que o Frank é. Frank é uma versão de um pesadelo invertido. Ele é todo raiva e ódio e vingança que faz parte de nossa sociedade, só que personificado. O Justiceiro nós traz um monte de questões desconfortáveis sobre quem nós somos como sociedade e o que nós estamos deixando acontecer e o que nós gostaríamos do que fosse de fato feito. Então, colocar o Frank na armadura do Rhodey soou tão errado pra mim a princípio. Eu achei até meio que uma blasfêmia. Foi até o momento de eu me dar conta de que isso não seria mais uma história de super-heróis. Isso não é uma celebração do Justiceiro tomando o lugar do Máquina de Combate e se tornando um herói. Isso é sobre como seria fácil o Máquina de Combate se tornar obscurecido pelo Justiceiro quando a armadura cai em mãos erradas. 
O desenhista da série, Guiu Vilanova, disse que "isso é insano. Um dos homens mais perigosos de todo o Universo Marvel e agora ele tem a armadura do Máquina de Combate. Isso vai ser bem divertido. E sobre a armadura do Máquina de Combate, bem, eu vou me focar em tentar fazer dela algo mais expressivo e dinâmico. Eu também acionei alguns apetrechos bem legais a armadura e eu vou tentar me divertir enquanto desenho isso". E visualmente, podemos esperar uma história carregada nos tons escuros. "Justiceiro sempre foi um personagem sombrio e eu adoro usar a cor preta. Então, eu acho que eu e Frank vamos nos tornar grandes amigos" falou o desenhista. 

A decisão de Frank tomar para si a armadura só veio depois de se passar algum tempo sem ninguém usá-la segundo Rosenberg. "Ele não tomaria ela do Rhodey enquanto ele estava vivo. Ele respeitaria o cara, ele respeitava o que ele fazia e ele respeita seu posto. Mas agora a armadura está sem uso, Frank achou que poderia colocar ela. "Uma arma não usada é uma arma inútil" e essas coisas, diria ele. Se ele pudesse pegar o Martelo do Thor, ele pegaria. Se pudesse usar as garras de Wolverine, ele usaria" explicou o roteirista. 


Outro personagem que dará as caras na história é ninguém menos que o Nick Fury. Ele é quem acabará servindo de guia para ajudar o Justiceiro nessa, então Matthew até brinca que poderia chamar a revista também de "Agente do Fury". Com isso e a armadura, esperem que a escala de caçada do Justiceiro se torne algo global. A edição do Justiceiro #218 está descrita como uma edição única, assim como muitas que foram anunciadas nessa fase Legacy, mas não é difícil imaginar que logo se torne periódica na lista de mensais. 


Fonte: marvel616.com

Um comentário: